Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Anãozinho de Jardim

Livros e Desvarios

O Anãozinho de Jardim

Livros e Desvarios

 

Pois entretanto, no meio das minhas leituras, tive oportunidade de ler o The Darkest Promise . Não sendo nada de absolutamente excepcional - e digo isto porque esta série de livros tornou-se numa espécie de produção em massa à laia de Taylorismo do século XIX e quando isso acontece a qualidade dos mesmos acaba por ser um pouco (ou bastante, consoante os casos) sacrificada - achei-o bem melhor do que o livro anterior The Darkest Torment.  

 

Ora bem, este livro conta-nos a história da Cameo - a Guardiã da Miséria (no sentido de tristeza, infelicidade, desgraça, sofrimento e infortúnio) - e do Lazarus que, aparentemente, é um tipo grande e cruel mas lá no fundinho até é uma boa pessoa. Em consciência, não posso dizer que este arquétipo do pseudo-vilão - e ao contrário do que já vi noutros livros da autora - tenha sido muito bem explorado, mas lá está quando entramos na fase do engonhanço para fazer render o peixe, o risco de se perder alguma consistência nas personagens é mais elevado.

 

Curiosamente, uma das coisas que estes livros têm no fim de cada história é uma espécie de sessão de perguntas e respostas em que autoras de outros livros, deste mesmo género, colocam a esta autora e ela responde. Eu também li esta parte porque acho interessante conhecer a forma como estes escritores pensam e se posicionam face àquilo que escrevem. Aqui o que me chamou, particularmente, a atenção foi a constante referência à personagem do Strider e existe um bom motivo para isso; a Rendição mais obscura (que é o 8º livro da série) é o livro mais bem classificado desta saga e é de facto um bom livro do género. Está bem escrito, a história é interessante e as personagens estão bem desenvolvidas. Toda a gente gostou do Strider e eu também, apesar de estar ex aequo com o Aeron. A partir daqui entramos nos altos e baixos dos livros desta saga.

 

Ignorando estas coisas todas, trata-se de uma boa fonte de entertenimento e lê-se bem apesar de ter ficado uma certa sensação de ser um livro que está a encanar a perna à rã.

 

DP_Gena Showalter.jpg

 

  

Conto_Wow_1.JPG

 

A vida é uma aventura.

 

Foi isso que o tio Chen me escreveu numa carta, um dia. É um conselho muito sábio, mas meu papai, Chon Po, não acha isso não. Ele diz que eu passo tempo demais sonhando com o mundo exterior, e que eu ignoro toda a beleza da Ilha Errante. Ele não poderia estar mais enganado... eu realmente amo minha terra natal.

 

E foi por isso que eu fiz este diário. Eu pensei assim, bem, se eu quiser me tornar uma grande exploradora como o tio Chen, eu preciso começar a escrever sobre minhas próprias aventuras, que nem ele faz. E por que não começar em casa? Talvez meu livro vá parar na Grande Biblioteca um dia, enfiada entre as cartas do tio Chen. Ah, melhor ainda, quem sabe no futuro o pessoal de Ventobravo, Orgrimmar ou outro lugar distante vai ler isto aqui e aprender sobre o meu povo, minha cultura e as coisas que fazem este lugar ser tão legal assim!

 

Mas vamos começar do começo. Eu nasci na Grande Tartaruga, Shen-zin Su, também conhecida como Ilha Errante. Hoje em dia, a maioria dos pandarens daqui só faz ficar sentado nos seus traseiros gordos, contando as mesmas historinhas velhas, mas não foi sempre assim. Nossos ancestrais tinham a aventura no sangue. Para eles, cada dia que passassem na ilha era mais uma chance de ver coisas novas e criar novas histórias!

 

Enquanto escrevo isto aqui, o tio Chen está honrando a nossa tradição em algum lugar do mundo, mas ele não é o único. A Trilha do Viajante também me chamou, mesmo aqui em casa, e finalmente chegou a hora de atender a esse chamado!

 

Meu nome é Li Li Malte do Trovão, e esta é a Ilha Errante. (....)

 

O resto continua aqui. 

Varok_Saurfang_PT_2.JPG

 Esta curta animação de "O Velho Soldado" conta-nos um momento na história de Varok Saurfang. 

 

Saufang é o Lorde Supremo da Horda, um guerreiro lendário e implacável, que liderou os exércitos da Horda na invasão de Shattrath e Stormwind (a.k.a Ventobravo, na versão traduzida). Também comandou o exército combinado da Aliança e Horda na luta contra Ahn'Qiraj em Kalimdor e liderou a guarda Kor'kron na luta contra o flagelo em Nortúndria. É por isso um orc veterano que viu muita guerra, fez muita coisa e perdeu o filho - Dranosh - na batalha de Angrathar às portas da cidadela de Icecrown. Para ele a honra é tudo.

 

 

Warbringers Sylvanas (PT).JPG

 Ora bem, se ontem vos mostrei um momento da história da Jaina Proudmoore, hoje mostro-vos um péssimo momento da história Sylvanas Windrunner (cujo nome em pt/br é Sylvanas Correventos). 

 

Actualmente a Sylvanas é a Rainha Banshee e a líder da Horda, mas nem sempre foi assim. A história desta personagem é lindíssima, mas bastante trágica e esta animação representa um momento recente que é mesmo muito mau... mas isto é só a minha opinião, que jogo nesta facção e quando vi isto dei comigo a falar com o ecrã e a dizer: "Feio! Muito feio!". Digo o mesmo ao meu cão quando ele se porta mal... também não lhe dou biscoitos.

 

 

Warbringers Jaina (PT).JPG

 Inicialmente, eu ia publicar este post no meu blogue da Morfindes porque se trata de algo relacionado com o jogo World of Warcraft, no entanto isto é muito mais do que um simples jogo, é um universo que conta a história da sua criação e as histórias dos seus diversos personagens ao longo do tempo. 

 

Quem já leu os livros do Dragon Lance ou os livros do Forgotten Realms e quem já leu os livros do World of Warcraft encontra, certamente, muitas semelhanças não só entre um estilo de escrita e outra, mas também entre os próprios universos e tipologia de personagens. 

 

Assim, e porque estamos a falar de fantasia nas suas diversas formas (que inclui meios audiovisuais), preferi publicar esta curta animação aqui no blogue. 

 

Ora bem, este pequeno filme - em PT/BR -  conta-nos um momento da história de Jaina Proudmoore, a feiticeira humana mais poderosa (e viva) de Azeroth. Actualmente é a Lorde Almirante do Reino de Kul Tiras e é a antiga líder da ordem do Kirin Tor.