Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Anãozinho de Jardim

Livros e Desvarios

O Anãozinho de Jardim

Livros e Desvarios

Proposta da semana - O Projeto Jane Austen de Kathleen A. Flynn

HRM, 06.03.19

AJ_blogue.jpg

Consultar aqui

 

Não fosse o título falar da Jane Austen e eu não teria tido curiosidade em ver do que se tratava, até porque pensei que se tratasse de algo mais biográfico e menos ficção. Felizmente, estava enganada e este livro vou ler de certeza absoluta, desde logo porque tem viagens no tempo e este tema é sempre interessante.

 

Diz então a sinopse que a história decorre na Inglaterra de 1815 e versa sobre o seguinte:

 

Rachel e Liam são dois viajantes do futuro que chegam à antiga Londres com a missão mais audaciosa do que qualquer viagem no tempo que já ocorreu: encontrar Jane Austen, ganhar a confiança dela e roubar um manuscrito inacabado.

Ela, uma médica; ele, um ator. Selecionados e treinados cuidadosamente, tudo o que Rachel e Liam têm em comum é a admiração pela autora e a situação extraordinária em que se encontram – e que obriga Rachel a colocar seu jeito independente de lado e deixar Liam assumir a liderança enquanto se infiltram no círculo da família Austen.

Além do desafio de viver uma mentira, Rachel luta para diagnosticar a doença fatal de Jane. À medida que a amizade das duas se fortalece e o seu relacionamento com Liam torna-se complicado, Rachel faz de tudo para reconciliar seu verdadeiro eu com as convicções da sociedade do século XIX.

O tempo está acabando. Rachel e Liam conseguirão deixar o passado intacto?

Depois desse encontro com Jane Austen, a vida que os espera no futuro será o bastante?

 

Tendo o livro menos de 300 páginas, presumo que se leia rapidinho pelo que assim que acabar o que estou a ler agora vou passar este para a frente 

A Coisa - de Stephen King

HRM, 15.01.18
Clicar aqui

A minha sugestão desta semana vai para A Coisa, do Stephen King cuja versão em português podem encontrar no site Le livros . Então e porquê o It, ou por outras palavras, A Coisa?


  • 1º porque é um livro do Stephen King, e quer se goste, quer não se goste do tipo de escrita a verdade é que ele é um bom escritor; 
  • 2º porque, recentemente, tive oportunidade de ver o filme;
  • 3º porque gosto à brava do personagem Pennywise.
No que respeita ao filme, posso dizer-vos que o guião é muito fiel ao livro, está muito bem estruturado e contém os momentos importantes. Neste sentido, o filme é uma boa adaptação do livro e por isso, quem já o leu não fica decepcionado se agora vir o filme.

Para quem ainda não leu o livro, é verdade que se virem o filme ficam com o panorama geral Coisa, mas é a versão bastante resumida. O livro vai um bocadinho mais longe e por isso vale sempre a pena lê-lo.   

Artur e os Minimeus (Arthur e os Minimoys, BR) - Luc Besson

HRM, 06.09.17
Livro Aqui

Aqui há uns anos atrás comprei este livro para ler porque adorava os bonequinhos. Creio que nunca vi o filme do principio ao fim, mas por acaso o livro li e adorei a história.

Parece-me uma boa introdução ao mundo da fantasia para os mais pequenos. Não é que não preferisse dar-lhes logo com o Hobbit, só que entre um e outro parece-me que o Artur e os Minimeus tem uma linguagem bastante mais simples e bastante mais acessível do que a Tolkien e mesmo que o Hobbit seja, teoricamente, uma história para crianças, a verdade é que é bastante mais denso e pesado do que o Artur e os Minimeus.

Portanto, no universo da literatura infanto-juvenil este livro é uma boa opção para a pequenada. 

A Guerra dos Tronos - Livros

HRM, 22.08.17


Pois é verdade, encontro-me finalmente a ler os livros da Guerra dos Tronos que poderão encontrar - se assim o entenderem - no website Le Livros (atenção aos links que estes às vezes têm de ser modificados e eu não consigo tê-los sempre actualizados).

Ainda vou só no primeiro volume porque não tenho tido muito tempo para ler, mas posso dizer-vos que - até agora - este primeiro livro parece-me que foi muito bem adaptado à primeira temporada da série de televisão, pelo menos na parte onde vou. Todavia, confesso que estou a gostar mais do livro porque o acho mais explicativo do que - obviamente - a série e eu gosto dos detalhes da histórias que são contadas por terceiros.

Também é claro que, como costumo referir sempre, haverá um momento em que me vai dar um treco porque a série não está como o livro, mas isso é expectável porque transformar 600 páginas  num guião para séries de televisão, não deverá ser a coisa mais fácil do mundo. Mesmo assim, sou fã dos dois elementos. Os livros e a série.

Relativamente ao livro, apesar de ter estranhado um pouco a estruturação do mesmo, que não é - por assim dizer - em capítulos, o facto do autor utilizar os personagens (como capítulos) para contar a história é bastante interessante e funciona bastante bem tornando a sua leitura mais fácil.

Portanto, para quem ainda não teve oportunidade de ler os livros, até agora posso dizer que vale a pena lê-los (mesmo que eu ainda só vá no primeiro livro).

A Court of Wings and Ruin - Sarah J. Maas

HRM, 13.06.17


Ora bem, pois é verdade, também já li este livro e devo dizer que gostei bastante sendo que na minha óptica é o melhor dos 3 volumes (o 2 também é bastante bom, o 1 é que eu achei meio estranho mas acabei por gostar na mesma).

Como de momento ainda não encontrei disponível a versão portuguesa, tenho de vos encaminhar para a versão inglesa disponível na amazon... o que vale é que não é caro.

Crave a Marca - Veronica Roth

HRM, 21.03.17
Clicar Aqui


Num planeta em guerra, numa galáxia em que quase todos os seres estão conectados por uma energia misteriosa chamada “a corrente” e cada pessoa possui um dom que lhe confere poderes e limitações, Cyra Noavek e Akos Kereseth são dois jovens de origens distintas cujos destinos se cruzam de forma decisiva. Obrigados a lidar com o ódio entre suas nações, seus preconceitos e visões de mundo, eles podem ser a salvação ou a ruína não só um do outro, mas de toda uma galáxia. - in Le Livros

Para os fãs da série Divergente, hoje deixo-vos o novo livro da autora Veronica Roth que já está disponível no website Le Livros para quem quiser ler. Se for como a série de livros anteriores, penso que não desiludirá ninguém já que se trata de uma excelente escritora.  

Portões de Fogo – Steven Pressfield

HRM, 21.02.17
Clicar Aqui

Tenho este livro lá em casa mas, na versão em inglês que mandei vir da Amazon, de propósito, porque ainda não tinha sido lançado em Portugal e ainda não havia em Português.

Foi um daqueles livros que eu, simplesmente, tinha de ter e tinha de ler. Estava a passar por uma fase de obsessão total com a antiguidade clássica - que tinha começado uns anos antes com a Guerra de Tróia - e consumia tudo que era escrito sobre esta altura (até a enciclopédia mitológica da Larousse comprei só porque tinha que ler sobre mitologia Grega, as demais mitologias que também lá vinham foram um bónus porque o que verdadeiramente me interessava era a Grega).

Quando saiu este livro eu dei-me conta que ainda não sabia nada sobre a batalha de Termópilas, excepto que o exército Espartano tinha sido dizimado pelo exército Persa de Xerxes I, maneira que quando li a sinopse fiquei super entusiasmada com a coisa. Finalmente, tinha algo não académico para ler (sendo que podia sempre investigar os factos das partes que mais me interessavam).

Amei o livro, a forma como a história é contada e de facto, posteriormente, fui mesmo investigar as partes históricas que mais me interessavam. Apesar do enfoque do livro ser efectivamente nos 300 heróis Espartanos, é claro que não eram só os Espartanos que lá estavam mas este é um romance absolutamente épico e rico em detalhes históricos. Assim sendo, se gostam de romances históricos que tenham como cenário a antiguidade clássica este é um livro de leitura obrigatória.

      

Outlander - A viajante do Tempo (Vol. 1) - Diana Gabaldon

HRM, 16.02.17
Clicar Aqui

Pois é verdade, ainda não li os livros mas - sem dúvida que - estou a ver a série de televisão e tenho-a em muito boa consideração ( e os kilts também... estão em boa consideração isto é). De qualquer forma, aqui neste blogue não vos vou falar de kilts mas, vou dirigir-vos para os ebooks em português que podem encontrar no site Le Livros.

De qualquer forma, em relação aos livros, não posso dizer grande coisa nem aferir se a série está a ser fiel aos mesmos ou não, no entanto é algo que pretendo descobrir já que acrescentei esta colecção à lista de livros de 2017 (pode ser que consiga lê-los antes de começar a 3ª temporada, quem sabe?).

Diz a sinopse;  No final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira ClaireRandall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua demel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para umantigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois,quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vêno ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.

Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forçasque não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podemameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovemguerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao maridoe o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar aopresente?

Tal como referi, a série é bastante interessante (a 1ª temporada mais do que a 2ª) pelo que, será seguro deduzir que os livros também serão bastante interessantes. Se por acaso já tiverem lido algum, por favor digam de vossa justiça. 

Sonhos Malditos - Carina Rosa

HRM, 31.01.17
Clicar Aqui
Hoje vou disponibilizar-vos o Livro "Sonhos Malditos" da autora portuguesa Carina Rosa.

Ainda não li nada dela mas, como já tenho este livro no meu iPad, creio que irei começar por aqui, desde logo porque há imenso tempo que não leio nada em Português e - de vez em quando - também convém ler qualquer coisita.

Assim para começar há que se lhe tirar o chapéu por se tratar de uma autora independente que disponibiliza parte (porque não conheço todas as suas publicações) do seu trabalho gratuitamente, por isso quem faz isto merece - automaticamente - todo o meu respeito e irei seguir o seu trabalho muito mais atentamente.

De seguida, esta é uma senhora que foi atleta de competição tendo integrado a selecção de trampolins e desportos acrobáticos. Ora, como eu também fui atleta de competição em ginástica acrobática, tenho uma certa simpatia pela causa o que me leva, obviamente, a manifestar uma maior curiosidade pelo seu trabalho.

Portanto, se tiverem oportunidade de ler este trabalho dela, leiam e depois digam qualquer coisa que eu irei fazer o mesmo e depois dou a minha opinião.